MIX DE REFERÊNCIAS MIX DE REFERÊNCIAS
MIX DE REFERÊNCIAS
Estilo PREPPY Estilo PREPPY
Estilo PREPPY
NAKED DRESS! NAKED DRESS!
NAKED DRESS!
Diquinha da vez! Diquinha da vez!
Diquinha da vez!
Cada idade, um encanto! Cada idade, um encanto!
Cada idade, um encanto!
14
abr

Divirta-se!

 

Olá chicas,

 

Reparem nos looks que eu estou usando:

 A estampa em pinguins quebrou o rigor do blazer (clássico)

O mesmo sucedendo aos gatinhos em relação ao vestido (retrô)

Vestido: Rita Prado

Pois bem, sempre que uso esses looks observo que algo em particular acontece: algumas pessoas se aproximam e em meio a um sorriso, desarmado, acrescentam: que fofo! Ou… muito engraçado!

Bem vindas ao Estilo FUN (diversão, em inglês). E da mesma forma que os demais estilos, também o FUN não se manifesta apenas em roupas, vejam:

Colares Fun

www.fashionbubbles.com:10/04/

 Brincos Fun

pt.aliexpress.com:10/04/1

Bolsas Fun

blogdamariajulia.com:10/04/1

Sapatos Fun: reparem na sutiliza da ousadia do look dela!

mafiadasdivas.com.br-cortado e redimensionado

E como se usa o FUN?

De forma mais clássica, como eu estou usando (apenas uma peça com apelo Fun):

Brincos: Chiquita atelier

Vestido: Hering Tênis: C & A

Ou numa pegada mais fashionista, quando você associa ao look mais de uma peça com apelo Fun (roupa, brinco, bolsa e sapato…)!

87eaf8_4695195948f84263aacb267d7a6a24ec[1]

WWW.NAMORADEIRA.COM.BR

www.camilaarmindo.com.br:10/04/16

Um ícone do estilo Fun? Sim, ela, a Katy Perry!

blogmacaenvenenada.blogspot.com:10/04/16

 Atualmente na novela Totalmente Demais a personagem Lu (Julianne Trevisol) usa e abusa do Fun fashion, vejam:

coconutavene.com.br:10/04/16

 

revistamarieclaireglobo.com:10/4/16

 

mais20min.com.br:10/04/16

 Muito divertido, não? Repararam também no gostinho de infância nas referências Fun? Então chicas, saiam por aí a bordo do Fun e de um riso leve para as cruzadas do dia!

Fotos: Olga Assunção e José Levi


14
abr

Fun para eles!

Olá chicos,

Em matéria de  estilo podemos assegurar que o mesmo que vale para nosotras, las chicas, vale também para vocês, los chicos.

Querem um exemplo? No post “Divirta-se”, trocamos uma ideia sobre o FUN, certo? E aí, o que vocês acham, é possível a um chico o uso dessa referência na forma de vestir? Sim, embora não seja comum ou mesmo fácil.

Lembram ainda quando em matéria intitulada “Ela usa e abusa do Boho” falei que algumas pessoas trazem consigo no modo de vestir, naturalmente, referências que remetem a um estilo em particular? Referências estas que lhe são peculiares tal uma marca, de tanto que refletem a sua personalidade? Pois, é, da mesma forma que sucedeu à karyne em relação ao estilo boho, sucede ao Alex Sertão em relação ao Fun, vejam:

Ele usa e abusa do Fun, classicamente!

Fotos: Lysia Formiga


10
abr

A ordem dos fatores não altera o produto!

 Olá chicas,

 

Lembram quando em publicação de 03/04/16 (Quando a ordem dos fatores altera o produto), vimos como a simples alteração na pegada do sapato que você escolhe altera também a proposta do look?

IMG_8534

Pois agora saibam  que algumas vezes  apesar de usarmos sapatos com diferentes caras a pegada do look continua a mesma.

 Reparem bem nas três sandálias:

Associemos agora as três, a plataforma, a sandália de salto fino e a gladiadora ao mesmo vestido:

Vestido em linha rústico: Dress to Plataformas: Santa Lolla Bolsa: Cantão

Sandálias: Schutz

 

Gladiadora: Arezzo Bolsa: Kalina Rameiro

Então, repararam que apesar da diferença entre as sandálias (rasteira, plataforma e salto fino), a pegada do look permaneceu a mesma? E por que isso acontece? Porque as referências de estilo que as três sandálias e o vestido encerram em suas propostas são as mesmas (boho, étnico).

Então chica, tá a fim de sair a bordo deste estilo e com este vestido? Então decida: o  que você realmente quer? Conforto? Use a rasteira. Pra onde você vai? É dia? Use a plataforma. É noite? Use a sandália de saltos finos!

MORAL DA HISTÓRIA: use e abuse do que você possui no armário sem medo de repetir roupa, pois quando você opta por usar estilo seu look será sempre único! O limite? O Dres Code! Não  o esqueça e tudo estará no seu devido lugar, right?

Fotos: Olga Assunção

Beijo chicas!


3
abr

Quando a ordem dos fatores altera o produto!

 

Olá chicas,

 

Hoje vamos exercitar como se apimenta um look, ou seja, vamos proporcionar uma pegada fashionista a um velho look na pegada clássica. E como se faz isso? De várias formas: customizando peças, mixando estilos ou simplesmente incorporando tendência à forma conservadora de usá-lo.

Para visualizar o que foi dito tomemos uma peça qualquer no armário, no caso um jeans e um moletom.

 COMO MUITAS DE NÓS USARIA

Agora associemos uma tendenciazinha ao look na pegada clássica e previsível. Lembram quando falei que um look não se faz apenas de roupas mas também de acessórios? Mude o acessório, associe tendência e pronto, mudamos a pegada do look, antes clássica, agora fashionista.

COMO POUCAS DE NÓS OUSARIA

Então, viram como é fácil mudar a cara do que dispomos no armário? Mude a ordem dos fatores e altere o produto, chica!

MORAL DA HISTÓRIA: desafie o que você já possui no armário: tente, reinvente, faça diferente!

Fotos: Olga Assunção

 

 

 

 


25
mar

Entendendo alguns termos muito recorrentes em moda – 1

Olá chicas,

Complementando  matéria postada em 20/03/16 (E o sutiã, pode ou não aparecer?), hoje falaremos sobre o strappy bra. Sabem o que é isso?

Fotos: Olga Marina

Sutiã ou Top de Tiras. Ei-los:

bacacantalupo.wordpress.com: 25/03/16

Reconhecem? Claro que sim!

Strappy bra: Hope

Embora muita gente torça o nariz pra ele por considerá-lo brega, vulgar, sou da opinião de que é possível sim usar o strappy bra  com estilo, desde que você o contextualize numa pegada de estilo. Mas é certo que em regra ele dará suporte a algum look composto por peças com decote frontal ou muito cavadas (laterais e costas). E como se usa isso? Das mais variadas formas, inclusive na pegada da matéria anterior (com camisa transparente ou em telinha), vamos ver?

VISUALIZANDO O QUE FOI DITO:

Exemplo 1 – Regatas muito cavadas (laterais e costas): use-o em sintonia com a cor escolhida para o look, como se quisesse complementá-lo, dando a impressão de uma peça só:

www.sigasuamoda.com.br:25/03/16

dupla

Exemplo 2: Regatas muito cavadas: use-o  numa cor que contraste com o look escolhido, e se quiser  estilo, alie o strappy bra ao  P & B, por exemplo:

blogdababs.com.br:25/03/16

Exemplo 3 – Looks com decote frontal: use-o na mesma cor da roupa, como se quisesse dar continuidade à peça (blusa, vestido), realçando o decote sem contrastar:

moda.terra.com.br:25/.03/16

Exemplo 4 – Looks com decote frontal: use-o em cor contrastante,  realçando um look monocromático por exemplo. Querendo, alie a tendência a estilo  como fez Grazy ao unir o look casual ao  strappy bra na pegada P & B:

moda.terra.com.br:25/03/16

Como fez também a Marina,  ao usar o strappy bra com bastante estilo, na pegada Rocker!

purepeople.com.br:25/03/16

E pra finalizar, toda a fofura da Mikaela (lei-a-se Zokabizoca) a bordo de seu strappy bra (Zokabizoca) com muito estilo!

Instagram Zokabizoca: 28/03/16 Regatão e Strappy bra: Zokabizoca

MORAL DA HISTÓRIA:  a rigor em matéria de moda, nada é…tudo pode ser, só depende de você! É brega, é chique, é vulgar? Depende de COMO  E  ONDE  você usa! Strappy bra no trabalho e em cultos religiosos, por exemplo? Não pega bem mesmo… ainda que na pegada refinada! Olho no DRESS CODE

Beijo chicas.


20
mar

E a alça do sutiã, pode ou não aparecer?

Olá chicas,

 

E aí, o que vocês acham? A alça do sutiã ou mesmo o próprio, pode ou não aparecer?

Blusa: C & A Sutiã: Hope Short: Dress to Tênis: Nike Corrente: Fabrizio Gianone

E por falar em sutiã, saiba que a lingerie é tendência (primavera-verão 2016), de modo que look cuja referência remeta ao pijama, à camisola e ao robe de chambre também é o queridinho da vez!

Quanto às alças do sutiã poderão sim aparecer, só elas ou o próprio sutiã, desde que de forma contextualizada com uma proposta de estilo e não de qualquer jeito como muitas de nós imaginamos pois acreditem, em moda também nada é à toa, tudo tem sim uma razão de ser!

Visualizando o que foi dito:

vanessavalverdebykibella.blogspot.com:20/03/16

Reparem nos quatro looks acima  e agora respondam com sinceridade: qual é a referência que eles passam? Seguramente a referência que eles passam é desleixo, vulgaridade!

Reparem ainda como o simples ato de deixar à mostra parte do sutiã de forma totalmente equivocada descaracterizou a pegada dos looks (frescor, verão, leveza). O foco de quem vê? Apenas o corpo estranho que foi equivocadamente incorporado. Lembram do look Kamikaze de matéria postada em 06/09/15?

Gosta da tendência? Então usa com estilo! Como?  Contextualizando, ou seja, integrando o seu sitiã a uma pegada que o recepcione com harmonia, mantendo o mínimo de identidade entre ele e o estilo do look escolhido. Opção é o que não falta! Mas pra poder aparecer com atitude não escolha UM sutiã, mas O sutiã! Muito usado, surrado, desbotado, amarrotado, alça de silicone? Nem pensar! Não estou dizendo que deva ser caro, tô dizendo que deve ter estilo e o mínimo de qualidade!

Visualizando o que foi dito (Tudo em seu devido lugar)

Sutiã de renda com alças largas tipo retrô casam bem com looks em estilo Boho na pegada hippie romântico.

atrevida.uol.com.br:20/03/16

 Sutiã de cetim com bojo aliado à transparência casam bem com looks na pegada sexy refinada!

blog.specialitalingerie.com.br:20/03/16

: bitchmakemysandwich.wordepress.com:20/03/16

Reparem que a Gisele foi mais ousada ao optar pelo sutiã em tom vibrante e diferenciado do restante do look, mas o visual manteve-se equilibrado em razão do comprimento da saia e da monocromia que foi mantida em relação ao restante do conjunto (com exceção do azul do sutiã, tudo mais numa única cor, preto).

Sutiã aparente fazendo bonito na pegada  Hilo: renda e jeans detonado!

E o estilo clássico, admite sutiã aparente? Pasmem, admite sim! Olhem aí o eterno blazer numa pegada revisitada e, diga-se, não apenas  pela presença do sutiã aparente.

maketula.wordepress.com:20/03/16

blog.specialitalingerie.com.br:20/03/16

E o queridíssimo P & B, admite? Por que não, desde que mantida a harmonia da proposta…

moda.terra.com.br:20/03/16

Aí você: pronto, agora que sei contextualizar já posso sair pra onde eu quiser feliz e saltitante com meu sitiã à mostra, certo?

Errado! Essa pegada exige um pouco mais. Não basta contextualizar apenas o sutiã com o estilo do look escolhido, é preciso  contextualizar também a hora e o local para usar a pegada. Ambientes de trabalho e cultos religiosos? Nem pensar…quer estragar todo o aprendizado, chica? Faça isso e mesmo contextualizado seu look irá direto pra vala comum do vulgar.

Porém, considerando que você tenha acordado com uma vontade danada de ir ao trabalho com a sua linda blusa transparente ou vazada (em telinha), o que se pode fazer? O jeito é usar a lei da compensação: ao invés do sutiã, ponha uma lingerie inteira ou tipo segunda pele de alcinha e mude a cara do look, assim ó:

Aí você: sim resolvemos a questão do sutiã aparente, mas e a alça? Deixa quieto que pra ela tem jeito não! Alça de sutiã aparente não pega bem em ambientes de trabalho e em cultos religiosos e pronto, tá acabado, não se fala mais nisso, right?

MORAL DA HISTÓRIA: ao ouvir que em moda “tudo pode”, cuidado! Poder até pode, mas não se iluda, pode de forma contextualizada,certo?

E pra finalizar… eu e meu sitiã aparente contextualizado em P & B numa pegada esporte. Lembram da matéria intitulada E a academia vai às ruas fazendo estilo? Reparem que o look é  muito simples, mas tudo está no seu devido lugar!

Fotos: Maria Clara Amorim

Beijo, chicas!


13
mar

Tendência da vez!

 

Olá chicas!

 

Lembram quando em post de 07/12/14 intitulado “fashionista ou estilosa” falei da importância da tendência mesmo para uma mulher de estilo? Ainda que você seja bastante conservadora não deixe de reparar na tendência da vez, pois ela te renovará, te trará para o presente sem te fazer perder a pegada com o que você realmente gosta e quer usar em matéria de moda.

Pensando assim vamos ver o que a tendência nos reserva para  2016,  (Inverno 2016)?

1) Metalizado: use-o dia e noite em maior ou menor proporção. O limite? Você que sabe. É  mais ou menos conservadora? É mais ou menos fashionista? Adapte-se. Não ousaria? Então melhor não usar, não rolaria, entende?

revistamarieclaire.globo.com: 13/03/16

2) Pochetes (anos 80): brega ou chic? Que importância tem isso, se brega assumido também é estilo (Kitsch)! É fato que elas voltaram nos mais variados estilos, a escolha é sua: boho, esporte ou refinada? Tem pra tudo que é gosto.

www.marieclaire.com.br:13/03/16

3) Transparência:  em renda ou em seda? E se for en el color negro? Melhor ainda…lindo de viver!

chic gloria kalil: 13/06/1

 

4) Mostre os ombros, chica!
 Já sei, tá pensando na pegada gipsy (tomara que caia) não é mesmo? Mas a da vez é também refinada (
recortes estratégicos).

www.marieclaire.com.br:13/03/16

5) P & B e listras: alguém consegue imaginar inverno sem eles? Os eternos e queridíssimos P & B e listras?A pegada da vez? Esportiva aliada à alfaitaria (dupla perfeita)!

www.cariocascalcados;com;br: 13/03/16

6) Deu maxi na alfaiataria: afaste o shape do corpo mas sem perder o estilo. Se é que é possível perder o estilo quando o assunto é a clássica e eterna alfaitaria, não é verdade?

www.marieclaire.com.br:13/03/16

7)  Gola alta: lembram das rulês lá dos anos 60?
Elas ressurgiram não apenas nas blusas como também nas opções casaco, vestido e cropped. 

www.marieclaire.com.br:13/03/16

www.marieclaire.com.br:13/03/16

8) Ele voltou, o veludo voltou…

Há quanto tempo! Como se repaginou? Em modelagens ajustadas e em cores inusitadas.

www.lorenci.com.br: 13/03/16

 

Aí você: quer dizer então que se eu não usar nada disso serei considerada cafona, brega, fora de moda?

MORAL DA HISTÓRIA: claro que não! Caso você queira use a tendência da vez em maior ou menor proporção, da forma como melhor lhe aprouver em todos os sentidos. E se quiser continuar usando o seu velho blazer ajustado ao invés da proposta maxi, acredite… problema nenhum, nada errado com você. Apenas significa que o barato que a moda representa para algumas de nós não te toca  tanto assim e que teu foco pode perfeitamente está voltado para outros aspectos  igualmente interessantes desse vidão cheio de opções, não e verdade?

E eu? Embora aprecie também outros segmentos igualmente interessantes que a vida tem pra nos oferecer, confesso que adooooro moda! E a propósito do metalizado,  a essa altura da vida  não prometo sair por aí todinha platinada mas que tô apaixonada pelo meu shortinho na cor prata (by Marisa)  desde  o réveillon do ano passado, ah isso eu estou!

Short metalizado: Marisa Tênis: C & A Colar em prata: Kalina Rameiro

Pronta para blog-1

Pronta para blog-8

FOTOS: Claudete Nascimento

Beijo, chicas!


3
mar

Fast-fashion … again!

 

Olá chicas,

 

Depois da primeira parceria em 2014, a  C&A e a Ateen renovam os laços com uma segunda coleção  para  2016.

Serão roupas, bijouterias, bolsas, calçados, cintos e chapéus, esperando por nós logo mais no dia 08 de março.

O espírito da coleção? Boho (vejam matéria de 15/01/15). Amoooo!

pronta para blog
Coleção linda de viver!

ateen-para-cea1
Beijo, chicas!

 


6
fev

Entendendo alguns termos muito recorrentes em moda

Olá chicas,

Repararam como o termo CROPPED tem sido muito usado de uns tempos para cá? Pois é, o cropped nada mais é que um top inspirado nos anos 80 que virou tendência. Em 2015 reinou absoluto aqui e mundo afora. Vejam:

A propósito, repararam na concorrência? Tudo bem, aceito o cropped em segundo plano. Palmas para ele, o Ipê amarelo, amoooo…

Voltando ao cropped, como se usa? Nos mais variados estilos, embora prevaleça a pegada fashionista. 

E antes que vocês torçam o nariz pro cropped alegando tratar-se de uma peça vulgar, aviso: nada disso, o cropped faz bonito sim em qualquer estilo, embora bastante recorrente no piriguete. Aí você, e piriguete é estilo? Etnicamente sim, pois não se esqueçam que tudo que pega nasce das entranhas da cultura, do uso e do costume do povo de um lugar, de um segmento da sociedade e por aí vai. Lembram da inclinação natural da brasileira, formas e corpo sempre em evidência? Em outra oportunidade trocaremos uma ideia sobre o piriguete.

 Então fica a dica: quer usá-lo de forma elegante? Alie o cropped a peças em estilo clássico (alfaiataria/ P & B, por exemplo). Quer usá-lo numa pegada sexy e elegante ao mesmo tempo? Alie o cropped  a modelagens ajustadas mas nem tanto e aos tons pasteis (angelical/candy). Evite revelar a barriga por inteiro, apenas parte (como este que usei na foto de abertura) ou melhor ainda, sem revelar nada a menos que você se movimente (rente ao cós da peça inferior: short, saia ou calça), e principalmente não exponha o umbigo.

Visualizando o que foi dito:

P & B e Alfaitaria: estilosa e elegante de cropped (É 10!). Reparem só na excelência da modelagem desse cropped Balenciaga e na pegada do look: zero % vulgar! Oh mademoiselle, P & B forever…

blitzcents.wordpress.com: 28/02/16

Sexy e elegante pela  associação do cropped à saia lápis  em  tom  pastel  e comprimento logo abaixo do joelho,  tudo  resumido a uma questão de equilíbrio e proporção, ou seja, tudo no seu devido lugar (É 10!).

ego,globo.com: 28/02/16

E eu, simples mortal, uso como?

Aí você pensa: bem, depois dos looks da Grazi Massafera e da Kristen Stewart tem mais pra ninguém, não! Será? 

Deixemos o red carpet, voltemos à realidade. Ou seria ao cropped? Como eu costumo usá-lo? Simplesmente como me convém, dia e noite, assim ó:

Bermuda: Damyller Cropped: Oxo paxo (By Olenice) Plataformas: Melissa Cinto: Zara

Saia: Zokabizoca Cropped: Zara

 

Cropped: By Olenice Calça: Monsenhor Tabosa – CE

Saia: Zokabizoca Sandálias: Schutz

Então… elas usam, eu uso e você, usaria? Como?

MORAL DA HISTÓRIA: use-o como melhor lhe aprouver, desde que se sinta confortável e confiante em todos os sentidos! Mas por favor não vá ao trabalho e a cultos religiosos de Cropped, right?

Beijo chicas!


1
fev

P & B… forever!

 Olá chicas,

Sabe aqueles dias em que a gente acorda sem a menor disposição pra elaborar um look por mais simples que ele seja? Pois é, quando você acordar num desses dias mas precisar de um look bacana porque a ocasião requer que seja assim, faça como eu, arrisque (de olhos fechados) num P & B (preto e branco), pois a chance de você errar é praticamente zero!

Sei que já está cansativo, mas devo informar que o P & B também é legado dela! Dela quem? Mademoiselle (que culpa tenho eu se ela ainda é totalmente demais?). Na minha opinião o P & B é a personificação da versatilidade, pois mesmo sendo um ícone do clássico, admite as mais diversas variações (seja de estilo ou de ocasião), por isso mesmo  não cansa, não passa, se renova ao sabor da tendência da vez.

O que eu quis dizer é que o P & B frequenta o dia, a noite, o trabalho, o lazer, o casual e o formal com a mesma desenvoltura, ou seja, tem passe livre e como se não bastasse ainda tem o condão de nos aproximar naturalmente da tão sonhada elegância, pode? Amoooo….

Vejamos agora como eu exercito a versatilidade do P & B na minha rotina diária de vestir:

1) P & B DIA E NOITE 

 TRABALHO E DIVERSÃO (happy hour)

Blazer: Zara Saia midi e Body: Zokabizoca

 Olha a Olga fazendo o mesmo: P & B dia (trabalho) e noite

Saia de couro fake: Renner Camisa branca: Marisa Blusa com franjas: La Vertu

2) P & B EM SUA PEGADA MAIS GENUÍNA (CLÁSSICA): livre da associação a outras pegadas (estilos)

Blusa vitoriana: Andressa Leão Saia: Zokabizoca

Saia plissada em cetim de malha: John John

3) P & B NUMA PEGADA FASHIONISTA (MIX DE ESTILOS)

BOHO EM P & B

Short: Rosa chá Kimono: Renner

HILO EM P& B

Blusa vitoriana: Andressa Leão

Saia midi em tafetá: Aline Souto

NAVY EM P & B 

MINIMAL EM P & B

Camisa branca: By Wanda Saia couro: Zokabizoca Plataforma reta: Melissa

SPORT E CASUAL CHIC EM P & B

Short: Zara Tênis: All Star  by C & A

Blusa: C & A

Blusa branca e short: Andressa Leão

Casaqueto e short: Dress to

Então chicas, repararam como o P & B é simplesmente uma fonte de inspiração inesgotável? Passaria o dia inteiro aqui, entre looks e mais looks…sem cansar! Concordam que o P & B é sim um dos nossos maiores aliados na hora de escolher um look com pouquíssima chance de errar?

Moral da história: pouco importa o preço da  sua camisa branca ou da sua saia preta, pois  quando o assunto é estilo o que interessa é a referência que você passa,  certo?

Visualizando o que foi dito: reparem nos looks de Olga e de Luíza Brunet: embora o look da Luíza agregue peças de boa qualidade e alto valor e o de Olga remeta a peças de fast-fashion (Marisa e Renner), indubitavelmente a referência que ambas passam é a mesma: um look em estilo clássico em P & B. E cá entre nós, respeitadas as devidas diferenças as duas estão muito, muito elegantes, concordam?

IMG_8310

 Não falei, P & B? Impossível não amar!

 
FOTOS: Olga Assunção

Beijo chicas!